CRC - Comitê de Revisão Científica


Inicialmente, entenda a diferença entre CRC - Comitê de Revisão Científica e CRI - Comitê de Revisão Institucional


Um Comitê de Revisão Científica (CRC) é um grupo de indivíduos qualificados  responsáveis pela avaliação de pesquisas de alunos, de formulários, de planos de pesquisa e do cumprimento das regras, das leis e regulamentos aplicáveis, em cada nível de competição das feiras de ciências. 

Toda Feira de Ciências que segue padrões nacionais e internacionais de Pesquisa possuem um CRC para analisar as pesquisas expostas. Portanto, pode-se afirmar que o CRC é organizado pela Feira no qual os projetos são apresentados. 


Um Comitê de Revisão Institucional (CRI) é um grupo de indivíduos qualificados, que dentro de uma instituição, geralmente uma escola, são responsáveis em analisar regras de segurança e permitir ou não a condução de pesquisas na instituição. O CRI age, portanto, na fase de planejamento da pesquisa. Assim, pode-se afirmar que o CRI é organizado pelas escolas com o objetivo de garantir a segurança dos estudantes e no futuro permitir que seus projetos estejam dentro de critérios éticos para serem aprovados por um CRC para apresentação em uma Feira. 



ETAPAS necessárias para projetos que envolvem aprovação de Comitês de Revisão




Um CRI precisa ser constituído de no mínimo três membros:

a) Um educador;
b) Um administrador de escola (preferencialmente o diretor ou o vice-diretor);
c) Um indivíduo que tenha conhecimento sobre o assunto e capacidade de avaliar os riscos físicos e/ou psicológicos envolvidos em uma determinada pesquisa (pode ser um médico, enfermeiro, psicólogo, um assistente social ou um terapeuta clínico com formação).

Especialista adicional: se não houver um especialista disponível na área, recomenda-se contato documentado com um especialista externo.

Observações: O orientador e o CRI são responsáveis em assegurar que o projeto seja apropriado para alunos de ensino médio ou técnico e esteja de acordo com os regulamentos da FEMIC.


Um CRC  precisa ser constituído de: 

a) No mínimo três pessoas;
b) Um cientista biomédico (doutor ou mestre);
c) Um educador;
d) No mínimo um especialista adicional.

Observação: um especialista adicional pode ser necessário para a viabilização de muitos projetos. Se no grupo do CRC não houver um especialista apropriado na área um especialista externo pode ser consultado e todos os contatos devem ser documentados. Se o projeto envolver pesquisa com animais, pelo menos um membro deve conhecer os procedimentos apropriados em relação aos cuidados necessários para poder executá-los. Dependendo da natureza do estudo, essa pessoa pode ser um veterinário ou um profissional com experiência e/ou treinamento com a espécie que está sendo estudada. 

Conheça o CRC da FEMIC 

Membros:



Prof. Drª. Fernanda Nobre Amaral Villani (Coordenadora) 





Cristopher Mateus Carvalho
(Graduando em Medicina)




Mariana Campos Costa
(Graduanda em Farmácia) 







Jaqueline Campos Costa
(Graduanda em Biomedicina) 


Júlia Maria Resende Ferreira
(Técnica em engenharia) 







Sávio Henrique da Silva
(Graduando em Ciências da Computação) 








O  Comitê de Revisão Científica (CRC) da FEMIC examina projetos em relação aos seguintes itens:

a) Evidência de pesquisa bibliográfica apropriada;

b) Evidência de supervisão adequada;

c) Uso de técnicas de pesquisa reconhecidas e adequadas;

d) Formulários completos, assinaturas e datas comprovando no máximo 12 meses de pesquisa e datas de aprovação prévia (quando necessário);

e) Evidência de pesquisa de alternativas para o uso de animais;

f) Tratamento digno para os animais, quando aplicável;

g) Observância dos regulamentos e regras que regem pesquisas com seres humanos e/ou com animais e aquelas que envolvem agentes biológicos potencialmente prejudiciais;

h) Documentação de expansão substancial para projetos de continuidade;

i) Observância das regras da declaração de ética da FEMIC


Links de referência da legislação brasileira 

Confirmação de Participação

Inscrições abertas FEMIC mais